Doar

Vivência Missionária da Fraternidade atrai voluntários de todas as idades

Início » Notícias » Vivência Missionária da Fraternidade atrai voluntários de todas as idades

Mobilizados pela vontade de fazer o bem aos mais necessitados, 37 voluntários de diversas partes do Brasil e de outros países participaram da 39ª Vivência Missionária organizada pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, Brasil. A resposta foi bastante ampla, pois participaram pessoas de 18 a 78 anos de idade.

Várias delas estavam pela primeira vez. Outras, já haviam vivido a experiência em edições anteriores. Entre todos, uniram habilidades e vontade de servir, para transcender dificuldades e focarem em um objetivo apenas: dar resposta às necessidades dos demais.

Limpeza da área de banhos ao ar livre na Vida Criativa

“Um chamado interno sempre me impulsionou a servir. E eu fazia em meu país. Porém, desta vez, se tratava de algo mais difícil para mim. Ter que deixar tudo para vir a um lugar distante, desconhecido, sem saber o que iria encontrar. E ter que fazê-lo, recordando sempre a reação que tiveram meus amigos quando lhes dei a notícia: “estás louco, o que irás fazer lá, podes servir aqui também. Reconheço que subi no avião com medo, cheguei com medo e continuo sentindo medo, porém, trato de enfrentar meus temores porque tenho tudo na vida, enquanto há pessoas que não têm nada”, compartilhou Jeison Bedoya, um jovem de 28 anos que chegou da Colômbia.

Na mesma linha, Juliana Faria Gismonti (22), procedente do Rio de Janeiro, comentou que “esta Vivência Missionária me deu a oportunidade de viver o que teoricamente já sabia, que através do serviço poderia sentir esse amor que eu quero distribuir”.

“As intensas experiências de serviço nos fizeram sentir entre irmãos. É algo que atrai uma alegria vívida, que nasce do fundo do ser”, confirmou Fátima Gonçalves Cavalcante (56), também do Rio de Janeiro.

Hidra de Lerna

Tarefa na horta da Casa de Acolhimento São José

Na reunião inaugural, desenvolvida no dia 15 de novembro passado, os participantes tomaram contato com os 12 trabalhos de Hércules contidos no livro “Hora de Crescer Interiormente – O mito de Hércules hoje”, de José Trigueirinho Netto. Assistiram um vídeo e depois compartilharam uma reflexão grupal sobre a oitava tarefa de Hércules: Erguendo a Hidra de Lerna. Ela simboliza, segundo explica o autor em sua obra, o enfrentamento da natureza inferior do ser humano, a qual, apenas pode ser dominada por meio da humilde entrega a uma Vontade Superior, expressada através da alma.

Na sexta, dia 16, as atividades começaram com uma liturgia no Centro Mariano de Figueira e logo formaram quatro grupos de tarefas: um se dedicou a elaborar pães na padaria da Casa Luz da Colina e na Casa de Acolhimento São José (232 unidades); outro realizou um mutirão (serviço grupal abnegado) na Casa de Acolhimento; um terceiro apoiou a elaboração de refeição na cozinha comunitária da Casa Luz da Colina. Finalmente, o quarto grupo efetuou a seleção e organização de doações para sua posterior distribuição no Galpão de São José.

Missões Humanitárias

Distribuição de pães a famílias de poucos recursos

No sábado, dia 17, a Vivência Missionária foi desenvolvida no Galpão de São José, com a entrega de doações para a população necessitada da região, e depois, percorreu casas humildes de Carmo da Cachoeira, para a distribuição dos pães preparados no dia anterior. Também visitou os enfermos do hospital público da cidade. Finalizou o dia com uma apresentação, com vídeos, da Missão Roraima Humanitária, que a Fraternidade – Federação Humanitária Internacional leva adiante no norte do Brasil, em apoio aos migrantes venezuelanos.

No domingo, dia 18, os entusiastas voluntários se integraram ao primeiro Mutirão de São José, que se realizou na Vida Criativa, uma das áreas de hospedagem da Comunidade-Luz Figueira. Também efetuaram uma visita ao Asilo São Vicente de Paula. Concluíram o dia participando de uma sessão de perguntas e respostas sobre as Missões Humanitárias da Fraternidade, com o gestor da instituição, Frei Luciano, monge da Ordem Graça Misericórdia.

Área de banhos na Vida Criativa

Na segunda, dia 19, foi realizada uma reunião de avaliação final da 39ª Vivência Missionária, oportunidade na qual os participantes compartilharam suas impressões, finalizaram o estudo do oitavo trabalho de Hércules: Erguendo a Hidra de Lerna e assistiram vídeos sobra a Missão Colômbia Humanitária. Em seguida, todos foram ao “Encontro com o Castíssimo Coração de São José”, programa transmitido pela Misericórdia Maria TV.

A próxima Vivência Missionária se realizará de sexta, dia 7, a terça, 11 de dezembro de 2018.

Informações e inscrições

Celular: (+55) (35) 99914-1200

inscricaoeventos@fraterinternacional.org

 

2018-12-03T20:37:21+00:0001 dezembro 2018|Categories: Destaque, Missão Casas de São José, Notícias|