Doe Aqui

Casa Luz da Colina recebe curso de Auriculoterapia Chinesa

Início » Notícias » Casa Luz da Colina recebe curso de Auriculoterapia Chinesa

Há aproximadamente 2.200 anos antes de Cristo, na China, o homem começou a descobrir formas de se curar através da ingestão de determinados alimentos e, com a descoberta e uso do fogo, descobriram outras formas terapêuticas: ervas, pedras e moxabustão faziam parte disso.

Os antecedentes históricos, mostram que os membros de alguns clãs, também nesse período, desenvolveram os primeiros sistemas de acupuntura com agulhas de osso, as que espetavam em pontos específicos para aliviar as dores.

A Medicina Tradicional Chinesa –MTC- é reconhecida como uma das mais antigas formas de medicina na história da humanidade e que foi, dinastia após dinastia, aperfeiçoando-se até as diversas formas que hoje vemos no mundo.

A auriculoterapia faz parte dos ramos que integram a Medicina Tradicional Chinesa e se sabe que é uma técnica aplicada nas antigas civilizações orientais como Egito, Índia, Arábia, China e também no ocidente como na Grécia Antiga, entre outras.

Nesse final de semana, 2 e 3 de junho, na Casa Luz da Colina, localizada na cidade de Carmo da Cachoeira, MG, Brasil, realizou-se um Curso de Auriculoterapia Chinesa gratuito, ministrado pela acupunturista Marilia Calixto, do CEATA –Centro de Estudos de Acupuntura e Terapias Alternativas, São Paulo.

“A ideia nasceu pela demanda de uma necessidade local. Aqui na Unidade de Cura atendemos de maneira gratuita as pessoas que moram na própria Comunidade (Casa Luz da Colina e Comunidade-Luz Figueira) como pessoas que moram fora dela, em Carmo da Cachoeira e região. A partir da demanda de atendimentos, que tem crescido cada vez mais, veio a necessidade de ampliar nosso conhecimento. Pensamos, então, por que não convidar pessoas para vir e fazer a experiência conosco” disse Fernanda Moreira, psicóloga, apoio da coordenação da unidade de cura e uma das responsáveis pela Rede de Serviço na região. “É o nosso primeiro curso com certificação do CEATA e aí a proposta é convidar mais pessoas que tenham vontade de vir como voluntários, para compartilhar seu conhecimento”, complementou.

Ao curso, assistiram 25 pessoas convidadas de diversas idades, médicos, terapeutas, moradores das Comunidades, colaboradores e membros consagrados da Ordem Graça Misericórdia, todos atuando na área de saúde. Muitos fizeram o curso para reciclar e ampliar os conhecimentos que já têm como formação. As vagas foram limitadas.

No primeiro dia, os participantes receberam os conhecimentos históricos e teóricos deste tipo de medicina. No segundo dia, eles aprenderam na prática a reconhecer a anatomia do pavilhão auricular e a trabalhar com os diversos pontos da orelha, os que exercem estímulos no sistema nervoso central, favorecendo assim a cura física e psíquica do paciente.

Há mais de 20 anos que Marilia exerce a acupuntura, atendendo a centenas de pacientes e vivenciando que o mundo e as pessoas não são somente físicos, mas também, são energia e, por isso, homem e criação devem estar em harmonia, seguindo as próprias leis naturais, para manifestar harmonia. Este é um dos princípios aplicados na MTC.

“É a minha primeira vez como professora voluntária e estou me sentindo muito feliz. Com certeza recomendo a experiência de ser voluntária. Precisamos disso sim. Se a gente quer um mundo melhor, por que não se abrir a isso?”, testemunhou Marilia. “Eu vim para doar, e acho que acabei recebendo mais. Conheci o trabalho do Clemente (Dr. José Maria Campos) e conheci o trabalho de todo o voluntariado. Se Deus quiser virei mais”, complementou a acupunturista.

A Casa Luz da Colina há mais de 10 anos realiza um trabalho totalmente voluntário aberto à comunidade de Carmo da Cachoeira e cidades vizinhas, e busca ajudar, de maneira desinteressada e altruísta as pessoas e demais Reinos da Natureza que precisam de um auxilio amoroso.

Este curso de auriculoterapia foi o primeiro de uma série de cursos de Medicina Chinesa que serão ministrados, assim como outros cursos ligados à saúde e à cura, tais como florais, outros ramos da MTC, cursos complementares à enfermagem e outros.

Todos os cursos terão vaga limitada.

2018-06-13T21:09:32+00:00 13 junho 2018|Categories: Comunidades-Luz, Destaque, Notícias, Filiadas, Cura e Transformação|