Doar

Missão Roraima Humanitária – Manifestação popular em Pacaraima

Início » Notícias » Missão Roraima Humanitária – Manifestação popular em Pacaraima

De 20/3 (terça-feira) a 23/3 (sexta-feira)

Manifestação em Pacaraima

No dia 20/3, houve uma manifestação popular nas ruas de Pacaraima, que começou na prefeitura e percorreu as principais ruas do município. O evento contou com a participação de muitos estudantes, moradores da cidade e pessoas ligadas aos órgãos públicos, que não funcionaram à tarde para que as pessoas pudessem participar do ato.

A manifestação teve caráter de protesto em relação à atual situação da cidade, que enfrenta problemas sociais e muitos conflitos envolvendo os venezuelanos migrantes. As pessoas estão assustadas e preocupadas com o que está ocorrendo, inclusive em relação ao abrigo Casa de Passagem e à presença dos índios Waraos.

Por essa razão e por orientação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), toda a equipe técnica da Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social de Roraima (Setrabes) e os missionários da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) não estiveram presentes na Casa de Passagem durante o referido dia.

Criança imita as danças indígenas

Criança imita dança indígena

Em uma das tendas reside uma senhora paralítica. A tenda acaba sendo a mais alegre do lugar, porque uma criança diverte as pessoas, ao imitar as danças indígenas.

Ensaio do coral das crianças

Durante a semana, as crianças fizeram um ensaio do coral na casa da maestrina Míriam Nascimento Blos, onde se situa a Associação Cultural Canarinhos da Amazônia. Criada pela maestrina há 30 anos, a associação desenvolve em Pacaraima um trabalho de educação musical e ética com crianças venezuelanas indígenas e não indígenas.

Testes de tuberculose e sífilis

No dia 23/3, os médicos venezuelanos que atendem regularmente os abrigados na Casa de Passagem realizaram testes rápidos para tuberculose e sífilis, tendo sido detectado um caso de sífilis.

Conhecendo as necessidades do abrigo

Depósito de alimentos

Uma das principais necessidades do abrigo diz respeito à alimentação, pois é grande a desproporção entre a quantidade de gêneros alimentícios e o número de pessoas.

No dia 21/3, houve visita de representantes do Ministério da Saúde, da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Exército.

Já no dia 23/3, a visita foi de integrantes do Serviço Social do Comércio (Sesc), setor Mesa Brasil, que viabiliza alguns alimentos para instituições em Boa Vista. Eles queriam conhecer as necessidades das pessoas em Pacaraima e levaram 100 quilos de mandioca e 400 quilos de farinha de milho flocada.

Ainda no dia 23/3, mais uma visita ocorreu, desta vez de uma comitiva de uma associação humanitária pertencente à Igreja Adventista do Sétimo Dia da Argentina. Eles também foram até o local para tomar conhecimento das necessidades do abrigo.

2018-05-15T12:47:28+00:0015 maio 2018|Categories: Campanhas, Destaque, Diário, Missão Roraima Humanitária, Notícias, Serviço Humanitário|