Doar

Missão Confraternizar auxiliará vítimas das enchentes no norte da Argentina

Início » Notícias » Missão Confraternizar auxiliará vítimas das enchentes no norte da Argentina

A Fraternidade – Federação Humanitária Internacional, está organizando a Missão Confraternizar, uma nova tarefa missionária solicitada pelos Mensageiros Divinos para ajudar as vítimas das enchentes que afetam a província de Salta, no norte da Argentina. A missão será realizada de 12 a 26 de fevereiro.

Nessa região estão ocorrendo inundações e transbordamentos sem precedentes dos rios Pilcomayo e Bermejo, como consequência das intensas chuvas que caem no sul da Bolívia, onde nascem ambos cursos hídricos. O número de evacuados já supera 10 mil pessoas em toda a província. Também foram afetados centenas de gados e animais domésticos.

Os missionários prestarão assistência em Santa Victoria Este, a mais afetada pela inundação. Trata-se de uma localidade rural de cerca de 10 mil habitantes, localizada às margens do rio Pilcomayo, no nordeste da província. O local fica próximo da tríplice fronteira Argentina-Bolívia-Paraguai, a 500 quilômetros da capital provincial, Salta, e a 2.200 quilômetros da capital do país, Buenos Aires.

Área indígena

Santa Victoria Este está localizada em uma região de muita pobreza. Sessenta por cento da população pertence a diversas etnias indígenas, como os wichís, chorotes, qoms, chulupíes e quechuas, distribuídos em 36 comunidades. Eles vivem da coleta de frutos silvestres, da pesca, e da caça. No entanto, o intenso desmatamento e a caça esportiva estão reduzindo cada vez mais suas possibilidades. Os 40 por cento restantes da população são mestiços (mistura de brancos e indígenas), dedicados a criar cabras, ovelhas, porcos e gado em pequena escala.

O rio Pilcomayo nasce no altiplano boliviano, a 5.500 metros de altitude, e em sua descida para a planície do Chaco, atrai uma grande quantidade de sedimentos, cerca de 125 milhões de toneladas por ano, que na fase de descida acabam obstruindo seu canal em várias seções. Portanto, quando as atuais inundações diminuírem, deixarão nas casas e ruas afetadas uma grande quantidade de barro e resíduos de todo tipo.

A Missão Confraternizar reunirá missionários da Fraternidade, membros dos grupos Rede-Luz da Argentina e voluntários. Esses últimos terão a opção de participar por períodos mais curtos, sem ter de permanecer durante toda a missão.

Alegria da alma

“A Missão Confraternizar representa uma ampliação da tarefa que a Rede-Luz Argentina realiza com os Povos Indígenas na Missão Chaco. É mais uma oportunidade de curar dívidas de amor, com a Consciência Indígena. Isso acontecerá no Chaco de Salta, habitado principalmente por comunidades nativas, e no momento em que seria realizada a próxima Missão Chaco, que foi cancelada para poder concentrar energias nesta nova missão”, explicou Mabel Jozami, coordenadora da Rede-Luz Argentina-Região Norte.

“Estou muito feliz de poder participar. Tenho uma alegria na alma que não posso expressar com palavras. Eu estava me preparando para a Missão Chaco, então surgiu esta oportunidade e eu disse que sim, sem hesitação. Para mim, este serviço é um esvaziamento de mim mesma e me preencher de amor, compaixão e mais alegria, sentindo que isso se expande e que somos parte de um todo”, disse Florencia Biancalana, voluntária de Bahia Blanca, Argentina, que já participou da Missão Chaco em duas ocasiões.

Gota de esperança

“Sinto um forte impulso para poder participar. Eu vou sem expectativas, simplesmente para oferecer meu coração e minhas mãos para ajudar no que for necessário”, disse Viviana Walsh, voluntária de Buenos Aires, com experiência na Missão Roraima e na Missão Chaco.

“Eu estava me preparando para ir à Missão Roraima, mas surgiu essa nova necessidade. Vamos com a aspiração de levar uma gota de esperança, de fraternidade, de amor, para acolher o irmão na difícil situação em que se encontra”, disse Rosi Freitas, missionária da Fraternidade, da cidade do Guarujá, Brasil.

Todos aqueles que sintam colaborar com a Missão Confraternizar podem obter mais informações clicando aqui.

Também podem entrar em contato com a Rede-Luz Argentina por meio do e-mail: argentina@fraterinternacional.org ou com a Fraternidade – Federação Humanitária Internacional, pelo telefone: +55 (35) 3225-1233