Doe Aqui

Água 4 – Sagrados Santuários da Natureza – Sagrada e amada Amazônia

Início » Notícias » Água 4 – Sagrados Santuários da Natureza – Sagrada e amada Amazônia

Abençoado seja o elemento-água

Abençoado seja o elemento-água, renovado de forma contínua através do Ciclo da água, especialmente nos recintos e parques preservados dos grandes Santuários da Natureza. Em analogia a esse grandioso processo alquímico, uma gota de Amor, destilada e emanada de corações puros e sinceros, tem poder de transformar e vivificar o planeta, inundando de Luz sua densa atmosfera, dissolvendo dela seus focos de obscuridade, terror, medo e destruição. Assim, abençoada e amada seja cada irmã-árvore, viva, em qualquer recanto da Terra; abençoados sejam os sagrados bosques e florestas; os sagrados Santuários, Parques e Reservas Naturais! E abençoados sejam os sagrados Reinos da Natureza, agredidos e destruídos, ignorados em sua essência, ou imersos no mar da indiferença humana.

Os grandes Santuários

Essa reciclagem alquímica, que ocorre de forma especial nos ambientes mais puros dos grandes Santuários, Parques e Reservas Naturais da Terra, que se encontram distantes de fontes poluidoras da atmosfera, é a que mantém ainda certo equilíbrio climático planetário. E por ser uma atividade essencialmente alquímica o Reino Dévico encontra-se presente não apenas em consciência, conduzindo o correto fluxo da energia criadora em todas suas etapas, mas também como a própria vida-essência que permeia e sustenta internamente a contraparte imaterial dessa pura magia da Vida.

Em verdade, tudo o que assistimos, ao contemplar processos da Criação, representa a expressão material desta sublime presença, inerente à vida-existência de todos os Reinos da Natureza. Sem ela, a água não poderia se expressar e a Vida não poderia assumir aqui sua roupagem física. A indiferença humana e a destruição dos Reinos, em escala alarmante e universal, têm que ser reparadas para que a Criação possa prosseguir na Terra.

Vocês, como seres humanos desta superfície, não poderiam viver neste planeta sem os Reinos da Natureza.
Eles também transmutam as correntes contrárias e todas as ações que os homens destes tempos
geram, transgredindo os Reinos, assim como cada elemento da Natureza.
Mas, se seus corações, na simplicidade e no amor, contemplam os Reinos
com a gratidão que eles necessitam, muitas coisas podem ser reparadas.
Grandes extensões dos Reinos desta Natureza podem ser curadas e aliviadas,
quando o homem as contempla com amor e simplicidade.
(Mensagem da Virgem Maria de 12 de outubro de 2017)

Amazônia

A Amazônia, como Vida e Consciência, e ainda como um dos grandes Santuários dos Reinos e da Criação, clama aos homens e ao Universo por piedade e misericórdia, pois o comportamento da humanidade em geral, diante da presença dos Reinos na Terra, parece ter perdido qualquer referência de maturidade e de lucidez.

Cada Nação deste planeta representa uma célula da grande consciência humana, a Entidade-Humanidade, e deveria contribuir com sua própria evolução para a evolução desta Entidade. Assim, a nação brasileira, depositária de uma das mais importantes criações do Pai-Criador para o universo material, a Amazônia, perdeu a consciência e lucidez sobre a real existência e o propósito de todo o Reino Vegetal.
Nesta região, como também em outras regiões da Terra, existe o sustento espiritual de todos os seres que nela vivem. A Amazônia constitui ainda o epicentro sagrado de todo o Reino Vegetal. E são os desvios da consciência humana, predominantes na humanidade de hoje, de forma especial nos seres que dirigem as Nações, os que geram o sofrimento e a aniquilação que vivem aí os Reinos Vegetal e Animal.[i]

Desvios como o egoísmo, a ambição, o mau uso do poder, a prepotência, a corrupção, a agressividade, a indiferença e na base de tudo a falta de amor e tolerância entre seres humanos, nações, raças e religiões. Este desvirtuamento poderá gerar aí um desastre de consequências mundiais em uma região que é submetida de forma tão perversa e materialista. Esta realidade já representa um peso para e humanidade, gerando como consequência, enfermidades, guerras e falta de paz e de harmonia entre os seres humanos.

O sofrimento dos Reinos da Natureza

O sofrimento dos Reinos da Natureza é causado pela falta de amor e de cuidados para com toda a Criação.
Deus criou os Reinos Menores (Mineral, Vegetal e Animal) para ajudarem na evolução do homem da superfície e depois de tantas eras e séculos a humanidade fez tudo de errado, o que sempre esteve fora da Santa Lei. (Mensagem de Cristo Jesus, 4 de novembro de 2015)

Se em verdade o planeta fosse amado

Se em verdade o planeta fosse amado e respeitado, a humanidade nunca teria que passar por uma grande purificação. Assim, a principal enfermidade espiritual da humanidade é a destruição da Criação, como já se manifesta hoje em escala planetária, crescente. Esta é a raiz de todo o caos que vive o ser humano hoje, e dos acontecimentos que cada vez mais se precipitam sobre o mundo. A cura dessa enfermidade-raiz inicia-se então pelo despertar da consciência de cada ser que perdeu o amor e a noção do que significam os Reinos Menores.

O tema da Água deverá prosseguir!

Veja todos

 

2018-01-08T20:22:52+00:00 08 Janeiro 2018|Categories: Impulso Cura, Impulsos|