Doar

Missão Colômbia Humanitária – Missionários treinam migrantes em técnicas artesanais

Início » Notícias » Missão Colômbia Humanitária – Missionários treinam migrantes em técnicas artesanais

Oficinas despertam grande interesse

Os missionários da Missão Colômbia Humanitária desenvolvem oficinas de artesanato para os migrantes venezuelanos e para os colombianos deslocados pela guerrilha. A atividade se realiza no Centro Piloto Scalabriniano do Bairro Camilo Daza, cidade de Cúcuta, na fronteira da Colômbia com a Venezuela.

A proposta começou a ser desenvolvida em princípios de novembro e pouco a pouco foi atraindo interessados. Iniciou com dois grupos de seis pessoas, que frequentavam duas vezes por semana. Agora, já são cerca de 40 pessoas que recebem treinamento em técnicas de bijuteria ou de tecelagem com miçangas, de acordo com seu interesse. As aulas acontecem todos os dias, de 8:00 às 11:00 da manhã.

“Quando chegamos a Cúcuta, começamos a acompanhar as crianças venezuelanas e colombianas que estão fora do sistema escolar e que recebem um apoio alternativo no Centro Piloto Scalabriniano. Uma das atividades que realizamos com eles foi o artesanato. Logo vimos que isso poderia estender-se a seus pais, já como uma opção de pequena renda, e assim, começamos com as oficinas de artesanato”, explicou Imer, um dos integrantes da Missão Colômbia Humanitária.

Além dos pais  participam outros componentes das famílias , como irmãos, primos, tios e outros adultos afetados pela crise humanitária instalada na Venezuela ou por conflitos armados no norte da Colômbia.

Academia missionária

Curso de Primeiros Socorros

Enquanto ajudam os migrantes, os missionários também se ocupam de sua própria formação, a fim de melhorar a qualidade do serviço humanitário que prestam nos diferentes lugares onde lhes toca atuar.

É assim que ao longo do mês de novembro, dois médicos que integram a Missão Colômbia Humanitária compartilharam conhecimentos de Primeiros Socorros. O conteúdo foi organizado em quatro módulos de três horas de duração. Incluiu tópicos como o protocolo, cuidados e procedimentos para a atenção a vitimas de acidentes, situações clínicas com perda de consciência, parada cardíaca e respiratória, técnicas de reanimação cardiopulmonar.

O grupo também é atualizado em estratégias para lidar com situações traumáticas, de ordem psicológica e emocional; contato com os migrantes; manejo de grupos de pessoas e, protocolos de atuação em espaços onde já estão organizações de ajuda humanitária.

O treinamento físico, com diversos exercícios e caminhadas de 15 a 30 quilômetros, e a aprendizagem do uso de outras técnicas de sobrevivência também fazem parte da academia missionária.

Como ajudar aos migrantes venezuelanos

A Missão Colômbia Humanitária é um empreendimento da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI). Começou no dia 11 de outubro com a intenção de se tornar, como a Missão Roraima Humanitária instalada no norte do Brasil, em um espaço permanente de ajuda aos venezuelanos que abandonam seus lares, buscando escapar da difícil situação pela qual atravessa o país caribenho.

Você também pode somar-se a esta campanha de amor. Seu apoio é fundamental. Participe.

Para saber como, clique AQUI

Também pode obter mais informações em:

Telefone: (+55) (35) 3225-1233 (Segunda a sexta, 8:00 a 18:00 horas)

secretaria@fraterinternacional.org

 

2018-11-28T11:07:57+00:0022 novembro 2018|Categories: Missão Colômbia, Notícias, Rede-Luz, Serviço Humanitário|