Doar

Próxima Vivência Missionária da Fraternidade se realizará de 16 a 22 de julho

Início » Notícias » Próxima Vivência Missionária da Fraternidade se realizará de 16 a 22 de julho

De 16 a 22 de julho deste ano, acontecerá a 38ª Vivência Missionária da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI). Todos os que sintam o impulso de servir em grupo aos mais necessitados terão aqui a oportunidade de fazê-lo pelo período de uma semana.

As Vivências Missionárias buscam levar um pouco de amor e alegria, assim como serviços de apoio às famílias carentes, a instituições sociais (asilos, albergues de pessoas em situação de rua, centros de recuperação de dependentes químicos, etc.) e aos Reinos da Natureza. Realizam-se todos os meses, em locais de Carmo da Cachoeira (MG) e em cidades vizinhas, no estado de Minas Gerais, Brasil.

As Vivências Missionárias servem também como escola de formação para outras Missões Humanitárias empreendidas pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional, como a Missão Roraima Humanitária (de assistência a refugiados venezuelanos no estado de Roraima, Brasil) e outras que acontecem em diversas partes do mundo.

Vivência de junho

Na última experiência, desenvolvida entre 11 e 16 de junho passado, os participantes serviram em Carmo da Cachoeira, Nepomuceno e Varginha, cidades do interior mineiro.

Eles começaram a semana na Casa de Acolhimento de São José, onde introduziram melhoras na horta e iniciaram a construção do piso para uma pequena fábrica de tijolos, que dará ocupação terapêutica aos acolhidos. O local oferece suporte espiritual e alojamento a homens em situação de rua que queiram realizar o esforço de se reabilitar integralmente. Também recebe moradores de rua que chegam em busca de descanso e de um prato de comida. Tem como bases a oração, a vida grupal e o serviço comunitário. Trata-se de uma casa cedida pela Prefeitura de Carmo da Cachoeira e atendida por missionários da Fraternidade e voluntários da Rede-Luz.

Experiência gratificante

No segundo dia, realizou-se uma tarefa grupal de limpeza e harmonização na casa de uma família carente de recursos, de Carmo da Cachoeira. “Foi uma experiência muito gratificante, muito comovente: trabalhar em equipe, ver como um ambiente que estava em más condições vai mudando, ver a alegria dos moradores… O mais lindo é sentir como todos nós nos movemos pelo mesmo objetivo”, compartilhou Alejandro Oliarte, voluntário da Argentina.

No terceiro dia, os participantes organizaram-se em três grupos: um finalizou a harmonização da residência visitada no dia anterior; outro visitou a escola Luciana Reis Vilela, da Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae); e o último prestou apoio à Casa Lar, habitação municipal para crianças em situação de vulnerabilidade. Na sede da APAE, os voluntários compartilharam com os alunos especiais a narração de contos e outras apresentações que despertaram sorrisos e muita alegria.

As outras atividades da semana foram: visita ao lar de idosas das Samaritanas, em Nepomuceno; visita ao Lar Betesda, um centro evangélico de reabilitação de dependentes químicos; e visita ao asilo São Vicente de Paula, de Carmo da Cachoeira. Também houve distribuição de roupas no Galpão de São José, um depósito administrado pelos missionários da FFHI.

Informações e inscrições para a próxima Vivência Missionária:

Celular: (+55) (35) 99914-1200

E-mail: secretaria@fraterinternacional.org

2018-07-17T21:51:28+00:0009 julho 2018|Categories: Missão Casas de São José, Notícias, Serviço Humanitário|