Doe Aqui

Missão Roraima Humanitária em Boa Vista – Exposição de artesanato

Início » Notícias » Missão Roraima Humanitária em Boa Vista – Exposição de artesanato

Segunda-feira 22/01 a quarta-feira 24/01

Segunda-feira 22

Chegada de novos imigrantes

Oito novos indígenas chegaram ao abrigo e todas as providências foram tomadas para que fossem bem acolhidos e informados sobre as regras de convívio. Com esse objetivo, a coordenadora da Secretaria do Trabalho e Bem Estar Social de Roraima (Setrabes) do Centro de Referência ao Imigrante (CRI), realizou reunião com os Aidamos (lideranças familiares indígenas) para tratar da lista de nomes e tabela de horários de plantão na portaria de entrada.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) fez levantamento de quantas crianças, de 3 a 17 anos, frequentaram escola ou que tiveram algum contato com educação formal, em escola indígena ou não.

Acompanhamento de um imigrante indígena Warao para atendimento médico.

Professora do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Roraima (UFRR), enviou convite para o grupo de mulheres Warao do abrigo participar da exposição de artesanato no IV Colóquio do Curso de Pedagogia da UFRR, nos dias 23, 24 e 25 de janeiro, no Colégio de Aplicação da referida instituição. 

Exposição de artesanato

Terça-feira 23

Participação de mulheres Warao no IV Colóquio do Curso de Pedagogia da UFRR, com exposição de artesanato.

Quarta-feira 24

Visita da Comissão dos Direitos Humanos. Para a ocasião, mulheres indígenas de diferentes etnias da Venezuela se uniram e se apresentaram trajando “batolas” (vestidos) confeccionadas por elas, criando assim uma identidade grupal como grupo de artesãs. “Essa aproximação de artesãs de diversas etnias para realizar um trabalho em conjunto é um desafio, mas aos poucos elas estão percebendo sua força como grupo”, afirma Irmã Maria Auxiliadora, do Setor de Artesanato.

Chegada de colaboradora da Rede-Luz do Distrito Federal para uma temporada de 15 dias.