Lançamento da quarta edição do Manual Esfera em Salta, na Argentina, contou com representantes da Fraternidade Internacional (FFHI)

Manual Esfera

Uma menina venezuelana refugiada em Roraima, um idoso cuja casa foi destruída por um terremoto na Ásia, uma mulher que abandona todos os pertences na Síria e um jovem vítima de um rompimento de uma barragem de uma mineradora no Brasil estão separados por quilômetros geográficos e culturais, mas têm algo em comum: o direito de viver de forma digna.

Em 2016, estima-se que mais de 125 milhões de pessoas necessitavam de ajuda humanitária e mais de 60 milhões de pessoas foram forçadas a abandonar seus lares. 

Na busca por soluções, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e propôs, através da Cúpula Mundial Humanitária, a ‘Agenda Pela Humanidade’.

Nesse cenário, a atuação humanitária desempenha papel essencial na árdua tarefa de proporcionar às populações humanas em estado vulnerável não apenas o direito de viver bem, mas também influenciar e direcionar tomadas de decisões.

Manual Esfera

Esfera: uma resposta

Criado em 1997 pelo Movimento Internacional da da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho e outras organizações não governamentais, o projeto Esfera tem como principal objetivo aprimorar a qualidade das respostas humanitárias.

Para isso, oferece apoio a pessoas envolvidas no planejamento, gestão e/ou execução de trabalhos humanitários, entre eles colaboradores e voluntários de organizações humanitárias locais, nacionais e internacionais. 

O projeto abrange mais de 450 organizações presentes em cerca de 65 países e atua através de redes de representantes.

O programa atua baseado em dois princípios:

1. as pessoas afetadas por desastres ou conflitos têm o direito de viver com dignidade e, portanto, receber assistência;

2. todas as medidas possíveis devem ser tomadas para aliviar o sofrimento humano causado por essas crises.

Para estabelecer os pressupostos que guiam o trabalho do projeto, a Esfera elaborou uma publicação que completou 20 anos e cuja a quarta edição foi lançada em 2018.

Manual Esfera

Manual Esfera

O Manual Esfera é uma publicação de mais de 500 páginas dividida em quatro capítulos essenciais – onde estão especificados a essência e os compromissos da Esfera – e quatro capítulos técnicos, que servem como guia a envolvidos em projetos humanitários e também fonte de consulta para a governantes, civis, militares e setor privado para o trabalho conjunto entre diferentes setores da sociedade na busca de uma sociedade justa e digna. 

Atualmente, o Manual Esfera é um dos recursos humanitários mais consultados no mundo.

A 4 edição do Manual Esfera coincide com o aniversário de vinte anos do guia. Participaram da elaboração da publicação atualizada cerca 190 organizações e, durante o processo, mais de 1.400 pessoas participaram de 60 eventos organizados pelo projeto em 40 países.

Em novembro, sete representantes da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) participaram do lançamento da edição na cidade de Salta, na Argentina.

Manual Esfera

O evento marcou o início de uma aproximação entre organizações argentinas na formação de capacitadores do manual. 

“A leitura do manual é como o início de uma nova etapa onde tudo ainda vai ser descoberto”, afirmou a coordenadora da Rede-Luz Salta e uma das representantes da Fraternidade no evento, Claudia Del Castillo. 

Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) atua em 18 países e, até 2019, realizou 23 missões humanitárias nacionais e internacionais permanentes e temporárias.

Clique aqui para baixar o Manual Espera em espanhol na íntegra