Missão Grécia- Missionários aliviam dor de refugiados árabes em campo de detenção

Início » Notícias » Missão Grécia- Missionários aliviam dor de refugiados árabes em campo de detenção

Os Missionários da Missão Grécia, realizada pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional, começaram a semana visitando refugiados de vários países do Oriente Médio que se encontram presos em um centro de detenção para imigrantes ilegais, próximo a Atenas. Os voluntários acompanharam um grupo de Missionárias da Caridade de Madre Teresa de Calcutá, que executam semanalmente esta tarefa.

Preparando o veiculo para a visita

Eles visitaram na tarde desta segunda-feira, 9 de janeiro,  350 imigrantes recolhidos no campo Amigdaleza, na cidade de Menidi, área metropolitana de Atenas. Eles levaram kits de alimentos e roupas. De acordo com as regras da prisão, apenas a comida poderia ser direcionada para cada detento, através das cercas de segurança. Já as roupas ficaram na entrada, armazenadas em grandes sacos, onde serão submetidas a uma rigorosa inspeção antes de serem distribuídas pelos guardas.
Cada pacote individual de alimento continha uma marmita de arroz com frango, duas laranjas, um limão, pão e um pedaço de bolo. Os sacos de roupas incluíam jaquetas, calças, gorros, cachecóis, luvas e meias. As medidas de segurança impediram tirar fotografías da visita.

Dificuldades e esperanças

Um dos bolos para a visita

No momento da entrega do alimento, os visitantes tiveram a oportunidade de conversar brevemente com os detentos, partilhando as suas dificuldades e esperanças. “Esses irmãos estavam muito felizes com a nossa presença, com o nosso carinho e nossa preocupação em oferecer-lhes algo mais caloroso, mais fraterno”, disse Rosineide Freitas, missionária brasileira da Fraternidade.

“Eles se aproximam com um olhar, com alegria nos olhos, como se fossem crianças que estão prontas para receber um presente, um momento de luz. Então nos perguntamos: o que será tão importante para eles para que nos recebam dessa forma?”, descreveu Teresa, missionária espanhola da Fraternidade.

Preparando as doações de roupas na Caritas

Os preparativos para a visita começaram na quarta-feira, 4 de janeiro, quando os missionários que estão alojados na base permanente da Fraternidade na Grécia solicitaram doações de roupas na Caritas Hellas, local onde colaboram duas vezes por semana. A instituição de assistência social aceitou o pedido e os missionários conseguiram recolher vários sacos de roupas para os refugiados detidos.

Naquele dia, os funcionários da Caritas selaram a relação de fraternidade com os missionários, dando-lhes um presente simbólico: a imagem de uma árvore e uma casa, com legendas em grego como amor, paz, felicidade e saúde.

“Orem por nós”

Preparando bolos para os refugiados

Na sexta-feira 6, Dia de Reis no calendário católico, os missionários participaram de uma missa na sede das Missionárias da Caridade, onde colaboram regularmente. Então, quando estavam para ajudar a preparar o almoço, como eles fazem todas as terças e sextas-feiras, foram surpreendidos com um pedido especial: as religiosas solicitaram para que preparassem bolos doces para os 350 prisioneiros que visitariam na segunda-feira. A tarefa se estendeu durante todo o fim de semana e resultou em seis bolos de chocolate, seis de laranja e um de maçã para os guardas do campo.

A visita de segunda-feira ao presídio terminou com frases de despedida dos detidos como: “voltem logo” e “orem por nós”.

Para colaborar com a Missão Grécia clique aquí.